Sessão marca início dos trabalhos legislativos do biênio 2021/2022 da Câmara de Vereadores de São Simão

por Felipe Breno Lamanna publicado 22/02/2021 17h15, última modificação 23/02/2021 15h20
Sessão marca início dos trabalhos legislativos do biênio 2021/2022 da Câmara de Vereadores de São Simão

Iinício dos trabalhos legislativos do biênio 2021/2022 da Câmara de Vereadores de São Simão

Sessão marca início dos trabalhos legislativos do biênio 2021/2022 da Câmara de Vereadores de São Simão

 

A reunião ordinária de instalação dos trabalhos legislativos para o biênio 2021/2022, com a presença do prefeito Assis Peixoto, do vice-prefeito Fábio Capanema, e da sociedade civil, marcou o início das atividades da Câmara Municipal de Vereadores de São Simão na manhã desta segunda-feira, 22, no Plenário Aldo dos Santos Pimenta.

A sessão representa o início das articulações dos legisladores com foco no cumprimento de metas e ações para o período referente a 2021.

A convite do presidente da Câmara Municipal, vereador Lucas Vasconcelos, padre Rodinaldo e o pastor Luiz Carlos abençoaram a abertura dos trabalhos legislativos. Houve também a participação da professora Andréia Xavier interpretando o Hino Nacional.

Durante a sessão, o presidente Lucas Vasconcelos, reforçou o desejo de que o trabalho do legislativo seja harmonioso, integrado e comunicativo. “Vamos continuar a edificar e consolidar o papel desta Casa, respeitando sempre o poder executivo, mas preservando a autonomia dos poderes, como forma de manter a democracia em sua plenitude. Vamos juntos construir o futuro de nossa São Simão e Itaguaçu, que, com certeza, passa pela Câmara de Vereadores. Que estabeleçamos um diálogo em alto nível entre este parlamento e o novo Governo Municipal, para o bem de nosso município, com responsabilidade, e acima de tudo lealdade, mesmo nas eventuais divergências, essas naturais e até necessárias para o aperfeiçoamento das ações e projetos”, disse.

Segundo Lucas, é preciso trabalhar de forma constante, honesta e ética, pensando sempre no progresso de São Simão e Itaguaçu e no bem estar da população. “Estamos prontos para um ano de muito trabalho. É isso que o povo espera de nós. É isso que a Câmara Municipal vai oferecer. Esperamos ansiosamente que essa Casa possa evoluir muito, pois é isso o que o povo espera de todos nós. Não uma evolução apenas de discursos, mas também de práticas efetivas que possam de fato se transformar em benefícios para a nossa população”, afirmou.

O Presidente ressaltou que todos são vereadores do povo, de todos, sem distinção de raça, credo, partido ou classe social.

“O poder emana do povo e para o povo deve retornar. Munidos desse pensamento, devemos legislar para o atendimento das necessidades de nosso povo e para a melhoria e crescimento de nossa cidade, sem interferências políticas e partidárias, pois aqui representamos não somente um partido ou coligação, não somente a situação ou oposição, mas acima de tudo o povo”, frisou.

Ao final de seu discurso, o presidente Lucas convidou os colegas vereadores, para de forma pacifica, trabalharem para o desenvolvimento de toda São Simão e seus filhos.

“Convido os colegas vereadores a contribuir com esta presidência, para que possamos conduzir a Câmara de São Simão com responsabilidade e dignidade, para que o nosso trabalho realmente seja proveitoso e traga os melhores resultados para o povo. Que possamos nos dedicar ainda mais à causa pública e à população, a quem representamos, pois para isso recebemos um mandato.  E que saibamos buscar sempre a inspiração de Deus nesta tarefa e agir com serenidade e firmeza, e contribuir para que a fraternidade esteja em todos”, concluiu.

Em cumprimento a Lei Orgânica do Município, o prefeito Assis Peixoto fez a abertura do ano legislativo da Câmara de Vereadores com a mensagem do Poder Executivo.

Durante sua fala, o gestor ressaltou algumas das ações realizadas durante os primeiros 53 dias de mandato.

Assis também mencionou o projeto de renegociação de dívidas do IPTU, que oferecerá melhores condições de pagamento, para que a população possa estar em dia com seus tributos. Segundo ele, o projeto visa renegociar a dívida em até 36 vezes, com parcelas iguais ou superior a R$80 reais.

O prefeito também citou parcerias para a geração de emprego e renda, dentre eles, um convênio de cooperação mutua firmado com a Salo, oportunizando cerca de 120 vagas para um curso de corte, costura e tecelagem. “Esse curso capacitará a população para preencher as vagas de emprego que a empresa irá abrir no município. As pessoas que tiverem fazendo o curso terão, se aprovado pela Câmara Municipal, o direito a uma bolsa de sobrevivência, enquanto estiverem fazendo o curso”, afirmou.

Ele reforçou as parcerias com o Sindicato Rural. “Em parceria com o Sindicato Rural, queremos trazer para São Simão, um projeto de agricultura urbana e rural, sucesso em Piracanjuba, que é a planta do fumo e, incentivar e apoiar a criação de peixes”, falou.

Na oportunidade, o gestor municipal falou sobre o aceleramento dos casos de Covid-19 em toda São Simão e Itaguaçu, nos últimos 60 dias, destacando uma reunião realizada com o governador Ronaldo Caiado, onde a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), Flúvia Amorim, afirmou que irá olhar todos os pedidos, de todos os municípios, em cima do comprometimento de cada um.

“A grosso modo foi mais ou menos assim que entendemos; ‘Se você não fizer o dever de casa, também não vou fazer nada pra você’. Por isso, hoje, publicamos um novo decreto depois de nos reunirmos com a Associação Comercial, porque não queremos, de forma alguma, inviabilizar o comércio e o funcionamento das igrejas. Estamos pedindo uma compreensão das pessoas no cumprimento das medidas preventivas no combate ao novo Coronavírus e, devido à grande quantidade de aglomerações em casas de festas, vamos nos reunir com esses proprietários e pedir o adiamento de festas, por pelos menos 15 dias. Só conseguiremos reduzir o números de casos, com a ajuda da sociedade e dos nobres vereadores”, falou.

O prefeito também ratificou o desejo de aprovar projetos dos parlamentares. Sobre sua relação com a Câmara Municipal, o gestor completou: “Não existe democracia fortalecida sem o legislativo, por isso queremos nesse novo modelo de gestão ouvir o reconhecimento, os elogios e também as críticas”, completou.

 

Galeria de fotos

error while rendering plone.comments