Pandemia foi tema de reunião entre saúde e comerciantes

por adm publicado 26/01/2021 19h30, última modificação 04/02/2021 11h36

Estiveram, no plenário da Câmara Municipal, comerciantes e representantes do executivo para discutir ações em combate à disseminação do coronavírus em São Simão.

Através do uso de gráficos, o Dr Abdias Lima Neto demonstrou o crescimento dos casos confirmados e internados graves em hospitais de campanha.

“Estamos ainda em uma pandemia cuja causa ainda é a falta de consciência da população”, esclareceu Dr Abdias.

Em relação à vacina, Dr Abdias informou que a depois da dose, a pessoa deve manter os mesmos padrões de higiene, distanciamento e uso de máscaras, pois leva cerca de 45 dias para a imunização se tornar eficaz.

O presidente da Associação Comercial, Florivaldo Macedo, pontuou algumas dificuldades dos comerciantes e pediu que o executivo crie condições para que os mesmos não precisem fechar as portas, em detrimento ao seu sustento.

A secretária da Saúde, Laize Peixoto, em referência à situação atual do município, pediu a colaboração dos comerciantes.

“De forma alguma queremos prejudicar o comércio, mas também estamos muito preocupados com a saúde da população e a consequente sobrecarga no sistema, principalmente depois do aumento dos casos desde o início do ano”, esclareceu a secretária.

Participaram os vereadores Welington Carvoeiro (MDB) e o vice-presidente da Câmara, Laerte Nogueira (PP), Keslem Soares Ramos, presidente do Conselho Municipal Saúde de São Simão (CMSSS) e representante da fiscalização de Códigos e Posturas, Dr. Adjunior Filho, secretário de Administração, Drª Auriane, procuradora do município.

O presidente da Câmara, Lucas Vasconcelos, colocou a Câmara à disposição da secretaria de Saúde.

“A Câmara será parceira no combate à pandemia, e no que for possível, vamos dar todo o nosso apoio”, disse o presidente Lucas, que não pode participar da reunião por compromissos anteriormente assumidos.

error while rendering plone.comments